1. Central de Atualidades
  2. Reportagens
  3. E no Brasil? Como estão as crianças?

O mapa do trabalho infantil no Brasil

A maioria das crianças trabalhadoras está nas regiões Nordeste, Sudeste e Sul.

O estudo da OIT prevê que, ao final de 2015, as regiões Centro-Oeste, Norte e Sudeste terão as menores taxas de trabalho infantil. Mas o Nordeste deve continuar com o maior índice. De acordo com Renato Mendes, da OIT, antes de analisar essa situação, é preciso considerar que o Nordeste tem uma das maiores concentrações populacionais do país, o que o torna, naturalmente, um candidato a campeão de vários indicadores relacionados a número de habitantes.

O que preocupa é que a quantidade de crianças que trabalham nessa região (quase 13%) é bem superior à do Sul (9,85%) e do Sudeste (4,96%). No Nordeste, elas atuam principalmente no setor agrícola, grande parte sem registro em carteira ou qualquer garantia legal. Há muitas pequenas propriedades familiares, que envolvem as crianças desde cedo na agricultura. Entre as atividades rurais, as mais comuns são a da cana-de-açúcar, abacaxi, coco e sisal. Os acidentes são comuns, conforme conta Renato Mendes: “Em dezembro de 2005, um menino morreu atropelado por um trator enquanto trabalhava na cultura do abacaxi, na Paraíba”.

Saiba mais sobre o sisal e outras atividades.

Nas cidades nordestinas, o que mais preocupa é o trabalho doméstico. A atividade é comum em todo o Brasil, mas, no Nordeste, as crianças que fazem esse tipo de trabalho — a maioria, meninas — enfrentam condições precárias. Muitas chegam a perder quase que totalmente o vínculo com a família e, em algumas situações, trabalham sob regime de escravidão. Nessa região, é forte também o trabalho de crianças no setor de serviços, comércio e na coleta e reciclagem de lixo. Isso também acontece bastante na Região Metropolitana de Curitiba, no Paraná — o que explica, em parte, a grande participação do Sul nos números do trabalho infantil no Brasil. Outra preocupação na região nordestina é a exploração comercial de crianças em pontos turísticos, bem como o vínculo delas com o tráfico de drogas.

 

<< anterior próximo >>

 

»

Quantas crianças trabalham no Brasil?
» O mapa da exploração
» Prisão domiciliar
» Cavar para sobreviver
» Faça a diferença
» Pesquisa rápida

»

O órfãos da violência
» "Soldados" do tráfico
» Mocinho e bandido?
» Faça a diferença
» Pesquisa rápida

»

Quantos índios há no Brasil?
» Faltam terras, falta tudo
» Educação e cultura
» Faça a diferença
» Pesquisa rápida

»

Registro civil
» Saúde
» Necessidades especiais
» Condições de sobrevivência
» Vítimas de guerra
» Educação e cultura