Mel, doce mel...

Muitos perguntam o que é mais saudável: mel ou açúcar? E quais são as propriedades do mel? O mel é consumido pelo homem desde o início dos tempos. Além de servir como alimento, os sumérios, na Mesopotâmia, utilizavam-no para a escrita; os egípcios já usavam a própolis (substância resinosa coletada por abelhas em diversas partes das plantas) como bactericida e para embalsamar suas múmias. Atualmente, muitos pesquisadores estudam os benefícios do mel para a saúde.

De onde vem o mel? O mel é uma substância açucarada obtida a partir do néctar das flores, que é elaborado pelas abelhas e depositado nos favos da colmeia. Ele pode se manter íntegro por um longo período, pois a abelha adiciona nele o ácido fórmico, que é um ótimo conservante, e a inibina, uma substância que é um excelente bactericida.

A composição do mel, assim como sua coloração, depende do tipo da flor de que ele provém e da região em que é cultivado. Os valores, aproximadamente, são:

Água17,7%
Glicose34%
Frutose40,5%
Sacarose1,9%
Sais minerais0,18%
Vitaminas A, B1, B2, B5, B6, C, E e K5,72%
Total100%

Fonte: Masson, 1994.


Após ser retirado da colmeia, o mel tem uma consistência mais líquida. Depois de algum tempo, torna-se mais pastoso e acaba se solidificando, o que não significa que ele esteja inadequado para o consumo. Quando isso ocorre, é só aquecê-lo em banho-maria que ele volta a ficar mais líquido. É importante não colocá-lo para aquecer no microondas, pois o calor muito grande pode eliminar parte de suas propriedades terapêuticas.

O mel é um excelente energético, bactericida, antisséptico, antirreumático, vasodilatador, diurético, digestivo, hiperglicêmico, tonificante, antiespasmódico, sedativo, vermífugo, entre outros. Estudos mostram que ele é um bom coadjuvante no tratamento de problemas pulmonares, da garganta, do coração e da visão. Também tonifica e rejuvenesce a pele e os músculos. Há vários produtos de beleza à base de mel, como xampus, cremes e hidratantes.

Como vimos, o mel é um alimento muito nutritivo, mas ele é tão calórico quanto o açúcar, portanto, quem está em dieta deve consumi-lo com moderação. Adicionar um pouquinho de mel na torrada ou em qualquer alimento faz muito bem à saúde. Se tiver que escolher entre mel ou açúcar, fique com o mel.

   

 


Gisele Pontaroli Raymundo


ver currículo >>
Últimos Artigos

Anabolizantes: consequências maiores que as imaginadas!

As necessidades nutricionais variam de acordo com o hábitat?

Semente de linhaça: uma companheira de todos os dias

 Cardápio

Monte cardápios de lanches saudáveis para as crianças.
 Buffet Virtual

Prepare seu prato e receba uma avaliação
 IMC
Descubra seu peso ideal!


 Outros Artigos